top of page

O menino e o lápis

Uma menina perdeu a caneta e reclamou com a professora acusando um aluno. Quando o menino foi cobrado, ele pediu ao professor que lhe informasse o preço da caneta para que ele pudesse pagar. No dia seguinte, ele pagou e o assunto chegou ao fim. Como os jovens não são muito espertos em tais assuntos, o verdadeiro culpado trouxe a caneta em sua caixa que foi vista pela garota. Ela foi até a professora e disse que a caneta foi tirada por uma pessoa e que a punição foi paga por outra. Essa injustiça devia ser corrigida. Após uma busca, a caneta foi encontrada. A professora perplexa então perguntou ao primeiro menino por que ele tinha pago pela caneta, se não a havia roubado? O menino tinha uma educação muito disciplinada. Ele disse: “Se eu tivesse protestado minha inocência, ninguém teria me ouvido e isso teria me doído. Então me pareceu que minha paz de espírito era mais valiosa do que cinco rúpias e eu paguei o dinheiro para salvar minha paz.” O professor ficou surpreso com esta resposta digna de apenas um grande homem. Isso estabeleceu um ideal e todos prestaram seus respeitos ao menino.


Autor desconhecido



6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commentaires


bottom of page