top of page

Uma nova visão



Dois irmãos que viviam em fazendas vizinhas entraram em conflito. Foi a primeira ruptura grave em quarenta anos de agricultura lado a lado, partilha de maquinaria, de mão-de-obra e bens conforme necessário, sem problemas. Até que a longa colaboração desmoronou. Começou pequena e transformou-se numa grande diferença, e finalmente explodiu numa troca de palavras amargas seguidas de semanas de silêncio.

Certa manhã, à sua porta, um irmão encontrou um homem com uma caixa de ferramentas de carpinteiro, procurando alguns dias de trabalho.

"Eu tenho um trabalho para você. Olhe, aquela fazenda do outro lado do riacho é do meu irmão mais novo. Na semana passada havia uma campina e ele levou sua escavadeira para a margem do rio e agora há um riacho entre nós. 

Vê essa pilha de madeira sendo curada perto do celeiro? Quero que você construa uma cerca para mim - uma cerca de 2,5 metros - para que não precise mais ver a casa dele.

O carpinteiro disse: "Acho que entendo a situação. Mostre-me os pregos e a escavadeira e poderei fazer um trabalho que lhe agrade".


O carpinteiro trabalhou arduamente durante todo aquele dia, medindo, cortando e pregando. Perto do pôr do sol, quando o fazendeiro voltou, o carpinteiro havia acabado de terminar seu trabalho.

Não havia nenhuma cerca. Era uma ponte - que se estendia de um lado ao outro do riacho! Um belo trabalho - com corrimão e tudo - e seu irmão mais novo estava do outro lado, com a mão estendida.

Os dois irmãos ficaram em cada extremidade da ponte e então se encontraram no meio, pegando a mão um do outro. "Você é um sujeito e tanto para construir essa ponte depois de tudo que eu disse e fiz." disse o irmão mais novo.

Eles se viraram e viram o carpinteiro colocar sua caixa de ferramentas no ombro. "Não, espere! Fique alguns dias. Tenho muitos outros projetos para você", disse o irmão mais velho.

 “Eu adoraria continuar”, disse o carpinteiro, “mas tenho muito mais pontes para construir”.


Fonte: The School of Practical Philosophy


9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page